quinta-feira, 3 de julho de 2014

Quem sabe

Há tanto tempo deixei de escrever que parece que um pedaço de mim se foi. Escrevo diversos textos tentando colocar pra fora tudo que me atormenta, mas parece que o nevoeiro está tão grande que sequer as luzes das palavras conseguem me ajudar a encontrar um caminho.

Quem sabe perdi o pedacinho da minha alma que estava ligado ao vasto vocabulário que um dia traduziu meus pensamentos.

Quem sabe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opine, comente, critique...É sempre bem vindo.